Decoração com Artesanato Pernambucano



Olá meninas, hoje vamos falar um pouco sobre algumas dicas legais de decoração com o elemento "Artesanato". Vou confessar gosto muito de artesanato, e que por mim deixaria minha casa toda decorada com materiais feitos por minhas próprias mãos. O artesanato é um trabalho delicado e que envolve amor e dedicação. Cada peça carrega em si uma história muito interessante seja do local típico que foi criado ou até mesmo pelo artista que fez. Muitos lugares hoje trazem uma diversidade de peças criadas por artesãos renomados e conhecidos pelo mundo todo. 

Vou mostrar algumas criações típicas daqui de Pernambuco. 

O artesanato pernambucano é marcado pela força da tradição de sua cultura popular. Com criatividade de sobra e uma grande diversidade de referências, a produção artesanal do Estado se revela através das mais variadas expressões. Seja na cerâmica, na madeira, no couro, entre outras tipologias, o fazer artesanal é um dos grandes patrimônios do povo de Pernambuco. Do litoral ao sertão a cara da nossa arte popular não é uma só, e vai se transformando com os costumes, histórias e cultura de cada região do Estado.

Principais matérias primas do Artesanato de Pernambuco

Cerâmica: A cerâmica pernambucana tem reconhecimento internacional, o Alto do Moura em Caruaru é considerado um dos mais importantes centros de arte figurativa do mundo. Moldada no barro, sofre um processo de secagem e cozimento, podendo o trabalho final ser com a cor natural, pintando ou envernizado. Dentre suas expressões, está a figurativa (reproduz figuras e tipos da Religião); a religiosa (santos e anjos); a lúdica (jogos e brinquedos infantis); a utilitária (panelas, potes, jarros, pratos, corpos, etc.).




Couro: Do sertão, o vestuário de couro remontam a dura tarefa do vaqueiro de amansar o gado na caatinga. Depois de curtido e trabalhado pelas mãos dos artesãos, é transformado em produtos utilitários e decorativos, como Alpercatas, bolsas, cintos, chapéus, alforje (bolsa ou saco em couro onde os vaqueiros transportam pertences e alimentos) e o gibão (casaco em couro que faz parte da indumentária do vaqueiro).



Madeira: A produção é das mais diversas e pode ser encontradas em todas as regiões do Estado, através de esculturas sacras, carrancas, figuras típicas da cultura pernambucana, além da matriz para reprodução da xilogravura. Olinda é um dos maiores centros de madeira entalhada do Brasil.



Tecidos e FiosA mais famosa das rendas trabalhadas em Pernambuco é a Renascença. De origem européia, a arte dos bordados está presente em muitos municípios e são utilizados em cama, mesa e vestuário. Na arte da tecelagem e tapeçaria destaque para fabricação de tapetes, redes e mantas.




Fibras : As fibras naturais encontradas em abundância no Estado produzem uma grande variedade de objetos para decoração, utilitários e acessórios de moda, além de servirem como revestimentos. A palha natural ou tingida é trançada surgindo bolsas, tapetes, chapéus, cestas. Cascas e sementes também são usados.






Espero que tenham gostado, beijos da Érika !!!





Um comentário:

  1. Oi...
    Adorei o seu blog e já estou seguindo e curtindo...
    Faça uma visita no meu blog, ele é novo e todos os dias tem novidades!!! Se gostar, siga também!

    Espero sua visitinha!

    Bjos
    Andreza

    http://blogdremattos.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir

Sua opinião é muito importante para o Blog, então não saia sem comentar !!!